P.A.P. – Zumbigo, el zumbi amigo

Fazer esse passo-a-passo (P.A.P.) foi uma aventura – acredito que debutei de uma forma inesperada. Levei três dias para realizar todo o processo, desde a criação dos moldes, que são levemente mais didáticos do que usamos aqui (os nossos não tem legenda ou tesourinha na linha guia), a jujubação final do Zumbigo. Foi um processo muito interessante que eu quero compartilhar com vocês.

Computador teimoso, saci, cadeira e dolor no cabeçóm

Para começar essa epopéia, o computador não queria colaborar na geração do arquivo PDF com os moldes para vocês montarem seus Zumbigos. O dito sempre colocava algum defeito no arquivo final; foram necessárias quatro horas -e três softwares diferentes- para contornar esse problema. Feito isso, fui dandar na feitura do boneco.

O saci que vive roubando o meu bloquinho de post-it, resolveu dar uma perdida no carregador das baterias da minha máquina fotográfica. Por sorte tinha outra máquina aqui (muito mais chique, que praticamente tira foto sozinha) que me acompanhou até o final. Sem isso, nunca poderia ter fotografado o processo de manufatura. Para ajudar, uma das cadeiras aqui da casa resolveu quebrar -sem piadinhas sobre o meu peso- e quase que o tio .faso saiu rolando pela sala. Com a cadeira trocada, voltei a montar o menino.

Nesse dia eu estava com uma forte dor de cabeça, o que me obrigou a ir para cama mais cedo e como no outro dia eu iria dar aula à tarde, mais uma vez o Zumbigo ia precisar esperar.

Aqui se faz, aqui se .marca

Na seqüência: versão original do boneco e o Zumbigo (modelo final)

Na seqüência: versão original do boneco e o Zumbigo (modelo final)

Mais uma vez demonstrando a força de quem comenta aqui (ou lá no flickr ou via MSN), o projeto original de um boneco foi completamente revisto após as pitacadas. Se não fosse por elas, o Zumbigo não teria esse gostinho tão especial – tão nosso e de vocês!

Créditos dos participantes da criação do Zumbigo

Créditos dos participantes da criação do Zumbigo

A Gabi Mallaco deu o primeiro pitaco sobre o boneco, que foi endossado pela Sra. .marcamaria (a Aline) que causou na redução das orelhinhas do bicho. A dona Mila Botempo deu a idéia de colocar um dedim na mão dele, mas a mesma afirmou que isso complicaria na produção. A queridíssima Má R. -essa mulher vocês precisam reverenciar- é a responsável pela simplificação do molde do boneco, ou seja, sem o pitaco dela vocês teriam mais partes para juntar! (risos). Meu caro amigo Rodrigo Van Kampen arrancou fora o rabo do bicho, mas eu preciso concordar que isso facilitou e muito na produção do boneco. A Milena Melguiso foi a responsável por adoçar o ar -antes sóbrio- do boneco. E para finalizar essa lista, a Amélia foi a única pessoa que pitacou sobre um detalhe que eu considero importante nele: os olhos são feitos de botões, presos por linhas brancas. Ah! Não posso deixar de cita a minha moça, a Sra. .marcamaria que foi a avaliadora de todas as buzinadas, deixou o rosto do boneco azul e ainda por cima falou a palavra mágica: “ele é um zumbi!” – tio .faso ficou pululante depois dessas palavras! Meu primeiro zumbi!!! XD

Bem, chega de enrolar e vamos meter a mão nos panos!

Materiais

O Zumbigo é um boneco relativamente fácil de ser feito. Ele foi projetado para ser feito tanto com costura a mão como em máquina. O foco dele é permitir que qualquer um crie seu próprio toy, dando a ele características únicas. Será que é um “social-toy” ou um “toy 2.0”? Bem, não sei, mas o importante que o tio .faso quer ver um exército de zumbigos por aí! XD

Para fazer um Zumbiguim, você precisará de:

Materiais para confecção do toy

Materiais para confecção do toy

  1. Tesoura de papel – (pois temos um molde para cortar);
  2. Tesoura de costureira – (afinal, tesoura de papel não corta tecido e a tesoura de costureira fica cega se cortar papel);
  3. Papel cartão ou cartolina – (ou qualquer biroba de papel mais rígida);
  4. O molde do Zumbigo – (579kb/PDF);
  5. Lápis giz ou lápis de alfaiate – (serve para marcar o pano e sai fácil-fácil do tecido, mas se não tiver, use um 6B comum… mas marque de levinho, heim?);
  6. Linhas ou retrós – 3 a 4 cores – (as pequeninas você acha em qualquer armarinho, custa por volta de 1 dinheiros. Como eu não tinha um retrós pequeno na cor preta, vai o tubão mesmo);
  7. Retalhos de tecido – dois tipos diferentes – (eu usei malha azul bebê para o rostinho do zumbigo e um pedação de um pano que minha moça usou para fazer uma calça para ela);
  8. Manta acrília ou plumante – (talvez esse seja o material mais difícil de se encontrar. É com ele que você vai “afofar” o boneco. Precisa de mais ou menos uma metade de uma caixa de sapato comum);
  9. Alfinetes – (roubei esses da minha mãe… os meus não tem essa pontinha colorida… são sem graça! XD);
  10. Duas agulhas, sendo uma fininha e outra mais grossa – (uma é para fazer costuras delicadas e a outra é para fazer as costuras gerais e bordar); e
  11. Dois botões lindosos – (eu usei os de 3cm, mas você pode usar menor… mas o seu zumbigo vai ficar com olhos de gente míope! hehehe).

Antes de trabalhar, vamos falar dos moldes

Moldes padrão do .marcamaria

Moldes padrão do .marcamaria

Para quem nunca trabalhou conosco, aparentemente os nossos moldes são organismos complexos difíceis de entender. Como muitos de vocês sabem, eu costuro há um pouco mais de um ano – nunca fiz nenhum curso de costura ou modelagem, por isso os moldes que eu crio seguem uma lógica que deve ser errada, mas eles são muito práticos e intuitivos.

legenda dos moldes
Como quero que vocês criem seus próprios Zumbigos e que não fiquem me xingando, coloquei uma legenda no molde. Ela explica tudo o que está nos moldes. Vou explicar uma por uma:

  • Área interna/não visível: como eu já disse, esses moldes foram feitos pensando principalmente no pessoal que não tem máquina de costura e vai fazer o Zumbigo na mão. É por isso que não há uma área para margem/guia da costura, mas algumas margens precisam existir para a costura funcionar. Toda área que estiver cruzada é um local em que o pano ficará interno no boneco, justamente para ele poder ficar do jeito que você espera. Ignore esse X e o seu boneco vai ficar com braços ou corpo mais curto;
  • Área de guarda costurada: às vezes é necessário costurar um pouco mais além do que ficará exposto na parte externa do boneco. Com isso, evita-se de ficar “buracos não costurados” à mostra;
  • Frente e Verso: nossa nomenclatura universal para informar que um molde é usado nos dois lados da peça. Agora isso pode parecer um pouco inútil, mas em alguns bonecos (como a Vovonéca) o verso da peça tem moldes diferentes, justamente para conseguir um efeito desejado.
  • Costura externa para vinco: essa idéia eu filei do Woody, do Toy Story. Quem já viu os desenhos, sabe que ele possui as juntas costuradas. Sem isso, qualquer boneco de pano fica todo teso, como se estivesse engessado. Com essas juntas que são costuradas por fora, o boneco fica articulado, podendo fazer poses dignas de capa de revista;

    Woody/Toy Story - (c)Disney/Pixar

    Woody/Toy Story - (c)Disney/Pixar

  • Linha do corte do molde: popularmente conhecida por “corte aqui”, essa linha também é a mesma da costura, assim fica tudo mais simples para quem está começando;
  • Ponto de perfuração: Esse é um artifício interessante para demarcar os pontos exatos onde as coisas devem ser feitas. Furando esses pontos, você poderá marcas exatamente onde devem ficar os olhos e as costuras da boca.

Agora que você já sabe o que cada linha significa, vamos falar sobre cada um dos moles.

A cabeça

Molde da cabeça do Zumbigo. As cabeças são sempre os moldes mais detalhados

Molde da cabeça do Zumbigo. As cabeças são sempre os moldes mais detalhados

Como eu disse, os nossos moldes são didáticos. Temos em cada lado da cabeça os buracos das orelhas (devidamente marcados), assim como o pescoço. Sempre que for costurar, marque esses vazios para você costurar apenas os espaços necessários.

O corpo

Corpo sexy. 0% body fat

Corpo sexy. 0% body fat

Aaaah o corpo. A parte que todo mundo olha, esperando ver uma frepinha de cueca ou coisa parecida. Assim como na cabeça, há o mesmo espaço para a colocação dos braços. O grande X é a parte interna -vulgo “pescoço atarracado”- do Zumbigo. Os quatro traços pontilhados-tracejados mais escuros são suas articulações.

O braço e a orelha

É uma braço, mas parece um charuto

É uma braço, mas se parece um charuto

O braço segue o mesmo conceito de antes. O X é a área interna que é usada para sustentar o dito dentro do boneco e a linha pontilhada-tracejada mais escura é a articulação do cotovelo (ou será “cúbito”?).

Orelha. Já temos onde colocar piercing.

Orelha. Já temos onde colocar um piercing.

A orelha é um caso a parte. Você só precisaria se preocupar com a parte branca (a lua crescente), mas a partir daquela linha sólida preta há dois detalhes que irão fazer a diferença (e salvar o seu dia): nos pontos marcados pelo G é necessário fazer uma costurinha extra, justamente para impedir que caso você não alinhe a orelha direito, que fique um buraco não costurado do lado de fora do boneco. Como em todos os outros moldes, a parte do X (incluindo o G) fazer parte da estrutura interna da orelha.

Finalmente vamos fazer o boneco!!

Após todo esse detalhamento do molde, vamos começar a fazer o nosso Zumbigo.

Moldes colados no papel cartão

Moldes colados no papel cartão

Cole o molde no papel cartão, pois como há alguns moldes pequenos e detalhes sutis, ajuda muito se o molde for mais rígido (confie me mim, já fiz o molde sem essa base… é horrível de se trabalhar). Feito isso, recorte tudo com sua tesoura de papel, perfure os pontos de vazamento e você terá algo como a imagem abaixo:

Moldes recortados e prontos para usar

Moldes recortados e prontos para usar

Vamos começar o nosso trabalho pelo corpo. Coloque o molde sobre o verso do pano e marca que com o lápis giz.

Feito isso, marque as áreas de abertura dos braços

Abertura dos braços - ainda não será costurado

Abertura dos braços - ainda não será costurado

Faça umas marcas bem visíveis para você não se esquecer que essa parte ainda não será costurada. Feito isso, alfinete os panos (lembre-se de deixar o verso deles para fora) e se prepare para iniciar a costura.

Panos alfinetados, versos para fora

Panos alfinetados, versos para fora

Instrução para os iniciantes: colo colocar a linha na agulha

Se você já é um mestre Jedi da costura, pode pular essa etapa. Esse espacinho é reservado para os padwans. Se você nunca colocou a linha na agulha, este é o momento que você. Vamos dar um nó na linha.

Primeiramente, corte uns 70 cm de linha. Pegue a agulha mais fina e passe uma das extremidades da linha pelo buraco da agulha. Dá uma lambidinha na ponta da linha que isso ajuda e melhorar a mira (risos). Feito isso, junte as duas extremidades da linha.

Segure-as e faça um pequeno círculo.

Pegue as extremidades, passe por fora do círculo, entrando através do interior do mesmo e puxe com firmeza.

Ok! ok! A imagem tá borrada mas dá para entender

Pronto! Você acabou de dar um nó na linha. Está pronto para costurar deus e o mundo. A primeira coisa que você precisa fazer é firmar o primeiro ponto da costura. Atravesse a linha de costura no pano, avance um pouquinho para frente (na linha), atravesse o pano novamente e passe a linha por dentro do nó. Pode puxar todo o bicho até firmar o ponto.

Esse primeiro passo você sempre precisará fazer ao usar uma nova linha, pois é ele que vai firmar o ponto, evitando que o boneco se desmanche.

Reforçando o primeiro ponto

Reforçando o primeiro ponto

Para garantir que nada vai sair do lugar, passe a agulha por dentro do ponto que você acabou de fazer e faça um nó sobre ele, assim você poderá ficar tranqüilo, pois nada sairá do lugar.

Pontos feitos a mão

Pontos feitos a mão (visão superior)

Agora costurar o pano não tem segredo. É avançar um pouquinho, enfiar a agulha, voltar para onde você enfiou a agulha, avançar etc. … Em um lado do pano os pontos deverá ficar como a imagem acima, onde você poderá ver os pontos individuais, mas por baixo deve ficar algo assim:

Pontos feitos a mão (visão inferior)

Pontos feitos a mão (visão inferior)

Após costurar por algum tempo (horas?) você deve ficar com algo assim:

Corpo costurado a mão

Corpo costurado a mão

Só separe as perninhas depois que você costurar tudo.

Moldes, panos e um Zumbigo

Marcando os braços

Marcando os braços

Como eu disse lá na explicação dos moldes, é necessário deixar uma beirada para a estrutura do boneco. Na imagem acima eu faço as marcas de onde termina o braço e depois eu faço o contorno do quadrado interno. Ele segue a mesma lógica da costura do buraco dos braços – dentro dessas linhas você costura, deixando o quadrado interno aberto, pois no final ele auxiliará na hora de desvirar o braço.

Ao marcar as orelhas, marque a abertura do G, pois ali você precisará costurar, mesmo que no final essa costura fique oculta.

Trabalhe com o mesmo tipo de marcação com o molde da cabeça, lembrando de marcar os furos das costuras da boca e dos olhos (veja a imagem abaixo):

Pontos de referência para costura dos olhos e bordado da boca

Pontos de referência para costura dos olhos e bordado da boca

Para costurar os olhos, utilizei a agulha grossa, mas dessa vez ao invés de passar a extremidade da linha, passei ela dobrada ao meio pelo buraco, criando assim uma linha óctupla.

Com uma linha óctupla, preciso dar apenas dois pontos para pender os olhinhos.

Os pontos de bordado da boca seguem o mesmo princípio, mas ao invés de eu dobrar a linha ao meio, eu só enfio duas perninhas dela pelo buraco da agulha, fazendo uma linha quádrupla.

O princípio é o mesmo da costura, mas você precisa fazer 4 pontinhos para formar o X de cada marquinha da boca. Uma dica preciosa é usar um bastidor.

Rosto do zumbigo no bastidor

Rosto do Zumbigo no bastidor

O bastidor é uma peça circular de madeira ou plástico, que estica o pano para você poder bordar livremente. Não é necessário usar o dito, mas ele vai evitar que você fique brigando com o pano na hora do bordado.

Montando o bicho

Com tudo costurado, desvire as orelhas e as encha com a manta acrílica anti alérgica:

Eu usou um arame de cerca, às vezes um hashi (aqueles palitinhos japonês) ou um instrumento (“desvirador”?) para preencher as peças. Feito isso, alinhe-as bem por dentro dos buracos deixados na cabeça do Zumbigo.


Prenda com alfinetes e comece a costurar tudo. Deve ficar parecido com isso:

Desvire a cabeça pelo buraco do pescoço…

Cabeça desvirada - tô desidratado

Cabeça desvirada - tô desidratado

…e a preencha com manta acrílica.

Cabeça preenchida com manta acrílica - bem gordinho

Cabeça preenchida com manta acrílica - bem gordinho

Desvire os braços e faça a marcação das articulações.

Marcando as articulações do braço

Marcando as articulações do braço

Preencha com manta acrílica um pouco acima da marca e costure.

Articularção costurada

Articulação costurada

Coloque os braços por dentro do corpo, apontando para baixo, puxando a pontinha por fora do corpo. Costure e desvire o corpo. Repita o mesmo procedimento para as articulações das pernas.

Corpo e articulações costuradas

Corpo e articulações costuradas

No caso do .marcamaria, colocamos um enorme coração de feltro vermelho dentro de cada boneco. Assim eles poderão bagunçar a casa na nossa ausência (risos).

Um enorme coração vermelho para o Zumbigo pulular muito

Um enorme coração vermelho para o Zumbigo pulular muito

Comprovando, para os incrédulos, que ele tem um coração dentro do corpo

Comprovando, para os incrédulos, que ele tem um coração dentro do corpo

Com tudo isso feito, basta costurar a cabeça no corpo.

Costurando a cabeça no corpo

Costurando a cabeça no corpo

Faça uma pequena dobrinha, para dentro, no pano da cabeça e comece a costurar, pontinho-por-pontinho, dando a volta no corpo, lembrando-se que os ombros do boneco ficam colados com a cabeça.

!Mira! Yo soy Zumbigo!!

!Mira! Yo soy Zumbigo!!

E pronto! Temos um Zumbiguinho feliz da vida!

Can you see my popo?

Can you see my "popo"?

Espero que vocês tenham gostado desse primeiro P.A.P. . Buzinem à vontade!!! O Zumbigo quer deixar uma mensagem para vocês:

Zumbigue-se!!

Você leu o tutorial, baixou os moldes, comprou o material e resolveu ter um Zumbigo na sua casa – agora que tal compartilhar a sua cria com um mundo?! Mandem fotos dos seus zumbigos, pois criamosr uma galeria com o “Zumbigo Army” dos nossos queridos amigos que se prontificaram a fazer esse bichinho morto-vivo feito com coração. Dê uma olhadela aqui.

Um grande abraço,

.faso


Moldes do Zumbigo (579kb/PDF)

75 comentários sobre “P.A.P. – Zumbigo, el zumbi amigo

  1. Diego Ferrari Bruno disse:

    1º Parabéns pela coragem e pelo enorme tutorial que eu não li agora mas que irei ler depois com carinho!

    2º hahahaa a voz do zumbigo ficou muito engraçada!! vc é doido! rsssss
    próxima vez vamo fazer isso no chromakey ok?! rs rs rs que comico!
    nao consigo parar de rir! rs

    Parabéns!!

  2. Rodrigo van Kampen disse:

    Cara, vou fazer esse bixo!
    Mas você devia fazer ainda mais didático, eu vou precisar de ajuda com algumas partes… Acho que qualquer mulher faz fácil…
    Mas tudo o que eu fiz com costura foi colar um pano na cabeça do cebolinha na minha almofada, que havia rasgado…
    Boa sorte pra mim!

  3. má R. disse:

    ah, seu jujubento!
    tá LINDO. e ficou super prático. eu entendi TUDO, essa é a prova. então, meninos e meninas, vamos sair todos amanhã cedo, comprar nossos materiais e fazer nosso amigo zumbigo igo!
    eu achei essa versão bem mais legal que a original. mas capaz de eu se ver a outra no “pano”, ficar em dúvida. ;D

    OBRIGADA por sempre se lembrar de mim.
    você tá AQUI <33333333333333333333333333333.
    beijonecos no neco chefe e nos neco filhos!

    amanhã vou sair e comprar o material. acho que vou fazer quatro.
    um pra mim, um pra lena, um pra adelaide, um pra isabel, um pra minha mãe, um pro meu pai, um pro meu irmã e um pra minha irmã.
    oxe. quatro? o_o’
    já sei o que dar de dia dos pais pro meu pai!
    hohohoho!

    beijooooooooooooooooooooo!

  4. .faso disse:

    Gente,

    Muito obrigado pelos comentários!!! Ficarei esperando os Zumbigos de vocês!!!

    Para quem veio aqui e não conseguiu comentar, desculpe-me!!! O WordPress travou automaticamente os comentários!!! – fui avisado sobre isso por e-mail! X

    Um grande abraço,

    .faso

  5. Patricia disse:

    Faso, guri! Tá show de bola! Tudo bem explicadinho!! Bah. quanta trabalheira!! Eu amei, vou ver se consigo fazer o meu o mais rápido possíve!!!

    Estás de parabéns, pelo teu talento e principalemtne, pela tua generosidade de partilhar com outros isso!!

    ps: quando a vovólima vai vir pra minha casa? O cantinho dela tá todo prontinho. ehhehe

    bjocas

  6. .faso disse:

    Monica – Aeeeeeeee! A dona Monica comentando aqui!!!! Seja bem vinda!!! Menina, você me deu um susto! Acabei de testar o dito e ele tá funcionando sim… será que não foi um problema temporário?!?!? Brigadão pelo apoio!!!

    Patricia – Fico extremamente feliz que você tenha gostado de tudo! É uma pequena forma de agradecer a vocês por todo apoio e colaboração aqui no nosso cantinho jujubento!

    Sybil – Oi menininha! Já disse no flickr mas repito aqui novamente: fico muito feliz que algo que TEORICAMENTE seria feio e repulsivo, tenha se tornado tão fofo e querido por vocês!!! Tio .faso feliz!!! XD

    Um grande abraço a todos,

    .faso

  7. Beto Faria disse:

    .faso

    Tá sendo um grande sucesso o post lá no rebobine.
    Espero que te atraia mais um milhão de visitantes (não que meu tráfego passe perto disso, mas…)

    Parabéns pela obra. Quem vê se apaixona.

    Forte abraço

  8. .faso disse:

    Diego – não só uma estrutura interna como umas varetolas para dar mais remelexo nele…. quem sabe fazer um Zumbigocast!? Hahaha

    Henrique – Filhão, valeu pelo aviso dos posts travados! Salvou o .marca!!! Para você poder fazer um Zumbigo, basta linha, força de vontade e dedos com as pontas grossas! hahaha

    Um grande abraço,

    .faso

  9. .faso disse:

    Helena,

    Seja bem vinda!!! Realmente a internet é algo mágico, permitindo que todos tenham um espaço e uma voz para trocar idéias e se manifestar!

    Muito obrigado,

    .faso

  10. .faso disse:

    Amélia – fiquei muito feliz com a foto que você enviou! Já montei a galeria. Dá uma olhadela lá!

    Mila – lindo o seu casal! Segue o mesmo conselho que a Amélia! X)

    Laís – Tudo bom menininha? Que bom que você gostou do P.A.P.!! É minha forma de agradecer a colaboração de vocês!!! Vou ficar esperando a sua foto, ok?

    Um grande abraço,

    .faso

  11. Cler Oliveira disse:

    Por que o Senhor meu Deus não me deu habilidade mínima para manusear com precisão bichinhos lindinhos que necessitam de tesoura, linha e botão?
    Adorei!! Muito fofo.
    Minha irmã que é a habilidosa da família (e professora) certamente vai fazer um (eu acho. Ou melhor: espero. Melhor ainda: eu quero que ela faça!). Vou passar o blog pra ela por e-mail e certamente ganhar alguns pontinhos.
    Amei o blog. Thanks, Twitter!
    Beijão.

  12. .faso disse:

    Cler!

    Bem vinda!! Deus te deu habilidade sim, só falta um dedo que não sinta dor de agulhadas! hahaha

    Menina! Pede isso para sua irmana!!! E depois manda fotos aqui para nosotros, ok?

    Um grande abraço,

    .faso

  13. Danny Barros disse:

    .faso…
    vi o zumbigo da minha Clau Ciapina e vim assuntar…rs
    Menino, adorei!
    Adoro tutoriais e sei que dá um trabalho dos infernos… e vc está de parabéns, nunca vi moldes tão explicativos!
    Tenho três filhos… vou fazer zumbigos pra eles…
    conseguiu me contaminar pelo design e pela concepção de seu “filho- et”… eu fazia bonecos ( tradicionais) em 2006, agora faço acessórios femininos… achei um motivo pra matar a saudade!

    Lindo seu trabalho. A concepção de um sonho e uma idéia!
    Dá pra ver seus olhinhos brilhando com tudo isso… tem alma sua .marca…
    Vai que é tua tiooooooooooooo
    D+

    Abraços e boas inspirações, de dia e de noite!
    Deve viajar enquanto dorme…rs
    Danny Barros – Borbolet’s

  14. leo fernandes da silva disse:

    hj fizemos o nosso primeiro zumbigo.
    foi uma experiencia muito divertida pq reuniou toda a minha famila na empreitada!
    logo pela manha eu e a minha esposa pegamos nosso filhote e fomos fazer um tour pela rua onde se vende tecidos aqui perto de nossa casa.
    vários tecidos e idéias na cabeça.
    voltamos pra casa, almoçamos e fomos fazer o nosso zumbi.
    levou a tarde toda! huahuahua
    ma ficou bonitão!
    logo mando as fotos para vcs verem.
    abraços e parabéns pela iniciativa.
    Paz!

  15. quel disse:

    Nossaa q lindinho o zumbigoo…
    rsrsrs…
    amei..
    tenhu uma duvidazinha…
    gente esste posts como vcs fazem ??
    a mao ???nao neh ??
    ou vcs fazem em um programa no pc e depois fazem
    eles virarem pelucias??
    axeiii tudo perfeitoo ..
    =p
    vlw..

  16. Laira disse:

    Nossa, ressuscitando post, mas vale a pena… husahushau ammeeeeii!!! além de ensinar tudim, passo a passo (e eu aprender uns erros bestas que eu cometia) eu ainda ri d+, brigada ^^, muito boa sua didática huehuee

  17. milena disse:

    Seu Faso! descobri o marcamaria esses dias e já estou apaixonada por esse zumbigo! É só eu arranjar um tempinho que vou fazer um pra mim! Tirando os mini-mis, que tentei fazer um, mas não chegou nem aos pés desses aí, huahuahua! Um abraço e parabéns pelo trabalho mega criativo. virei fã! :D

  18. Naya disse:

    oi Faso, vc não colocou as medidas no molde.
    ele dever ser impresso numa folha A-4?
    estou perguntando pq pelas fotos o molde ta bem maior do q seia caso imprima-o numa folha A4
    abraços

    • .faso disse:

      Paula,

      Tudo bom? Pelo contrário, a idéia de não colocar medidas no molde é… exatamente por ele ser um molde (molde = modelo final pronto). É só imprimir no A4 e recortar. Não tem que se preocupar com medidas…

      Abraços,

      .faso

  19. Gabi disse:

    ADOREIIIIIIIIIIII o zumbigo!!

    Agora não, pq é fim de semestre, mas nas férias prometo que farei um para incorporar ao exército Zumbigóide!!!

    Parabéns!!!

  20. Juliana disse:

    Olás!!

    Tudo bem?? Depois de alguns anos querendo fazer um zumbigo, eis q o comecei ontem…UFA!! Eu tardo mas não falho…falhei!! ….&*%@#¨…não consigo de maneira alguma fazer a costura externa das articulações ficarem como na foto fazendo-as a mão…. :o (((
    …fica a marca do ponto e não aquela costura toda retinha e contínua…tem como fazer este tipo de costura ficar assim fazendo na mão e não a máquina?? …é que não tenho máquina… Se puderem me ajuar ficarei imensamente feliz e agradecida…qdo terminar posto uma foto dele aqui!!
    bjucas e até!!
    :o ((( …… :o))))

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *