Redesign da embalagem do mini-mi

Primeira embalagem (esquerda), nova embalagem (direira) dos mini-mis. Porta papel de carta e cerditão de nascimento no primeiro plano

Duas gerações juntas: a primeira (esquerda) e terceira (direita)  embalagens dos mini-mis. Porque mudar se já estava funcionando?

Quando alguém fala em “design” a maioria das pessoas logo pensa em formas bonitas e modernas, mas para quem é do ramo, ele está em tudo aquilo que você não nota e funciona naturalmente, ou se isso não ocorre é porque há algo de errado. Já a parte bonitas e modernas é conhecida por styling, pois como o próprio nome indica, é o estilo mas na forma de verbo (é como “fazer estilo” ou “estilando” se você não tiver pudores).

Pois bem, a embalagem do mini-mi resultou de um processo de criação anterior a mini-pessoa; é uma vontade minha que eu tinha desde a época da faculdade: criar um pacotinho que evitasse de ser descartado como jornal de fundo de gaiola. Para tal eu precisava resolver um problema através do styling e é aí que o design entra.

O que eu vou dizer parece lógico, mas até eu pensar nisso não fazia sentido algum. Reflita comigo:

Os mini-mis são bonecos personalizados com a cara do dono, com direito a roupinhas exclusivas… teoricamente um mini-mi é um afagador de egos em miniatura, logo ninguém vai querer “machucar” algo que faz bem ao seu ego. Se eu transpor isso para embalagem, a chance de alguém a jogar a embalagem fora totalmente é mínima.

Com isso em mente me lembrei de algo que a Sra. .marcamaria adorava brincar quando era pequena: bonecas de papel. Aquelas que vem peladinhas e com um monte de roupinhas chicosas para recortar e montar. Foi assim que resolvi o meu problema de faculdade:

Embalagem planificada do mini-mi

Embalagem planificada dos mini-mis

É assim que é uma embalagem aberta (planificada) do mini-mi. Na frente fica a caricatura da pessoa mini-mizada e na parte de trás as roupinhas, cabelos e qualquer outra coisa que por ventura era tenha. Cortando tudo vira um bonequinho de papel que se pode vestir. Já soube de histórias de pessoas mini-mizadas que se recusam a cortar a embalagem para não estragar! X)

Voltando a nova embalagem, a principal diferença de design perceptível para o fruidor é o tamanho da mesma, com 17cm de altura (3 cm a menos que a original). O problema da 1ª e 2ª geração de embalagens é que elas eram mais genéricas no quesito volume (elas protegiam qualquer tipo de mini-mi, dos carequinhas aos mais cabeludos). Mas a maioria dos mini-mis não tão extravagantes, logo uma embalagem menor é o ideal.

Detalhe da nova embalagem dos mini-mis

Nada como nossa linda bandeira e o eterno símbolo do "pacotinho reciclado feliz"

Além disso as embalagens são mais ecológicas, pois aproveitam melhor o papel (tá vendo aquela birobinha ali na frente delas na primeira foto do post?? é um porta papel de carta e certidão de nascimento – diminuindo a embalagem em 2 cm de altura, deu para fazer isso a mais! ). Outra diferença é que agora só há um ponto de cola, pois a embalagem anterior era divida para caber na saída da impressora da gráfica. Menos cola e papel melhor aproveitado! X)

São detalhes quase impreceptíveis para quem vê de fora, mas são essas pequenas coisas que podemos fazer para contrubir de forma melhor com o mundo que nos cerca, utilizando o design aproveitar o máximo os recursos que dispomos além de otimizar os professos internos do .marca e oferecer um melhor produto para quem confia no nosso trabalho.

Um super abraço,

.faso

4 comentários sobre “Redesign da embalagem do mini-mi

  1. Camila disse:

    Que lindo!!
    Adorei a caixinha e o porta-certidões-cartões-papel de carta-afins.
    Deixa eu falar, decidi tentar eu mesma fazer um mini-mi, só pra ver se eu tenho capacidade mental e manual para tanto.
    Tomara que dê certo, e se der, eu tiro fotos e te mando!!
    Créditos devidamente à vossa pessoa, obviamente!
    Máquina de costura da vó e muita determinação desta que vos fala!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *