Froid: recomeçando do zero

Nova proposta para o design do Froid
E mais uma vez uma nova proposta de design para o gato Froid.

Depois dos comentários do último post, fiquei com a sensação de que eu precisava rever tudo a respeito da imagem do Froid. Eu já estava indo dormir um pouco chateado por não ter conseguido uma solução que me fizesse gritar eureca.

Eis quando eu estava largando o lápis, resolvi seguir o meu mantra particular de design: pense simples. Não é fácil dar corpo a um personagem, ainda mais precisando criar uma imagem única e marcante. Pensando simples e sendo minimalista ao extremo, comecei a remover os elementos que davam estranheza na imagem do Froid, deixando aquilo que seria necessário para identificá-lo como um gato: os bigodes e as orelhas pontudas, com um corpinho mais esguio.

Não sei ao certo se essa será a melhor forma de eu representá-lo, mas eu gostei muito do visual testudo e minimalista – ele acabou ficando com um ar mais gracioso e elegante, além de manter muitas jujubas – concordam?

Até o boneco,

tio .faso

9 comentários sobre “Froid: recomeçando do zero

  1. Rafaella disse:

    Ficou bem fofo esse, tio Faso! Tenho que dizer que eu não tinha gostado do primeiro tb, o nariz estava parecendo uma boca (ou era uma boca?) e não tava com cara de gato… esse lembra um pouco aqueles gatinhos fofos de mangá… espero pra ver o Froid embonecado! ^^

  2. Camila disse:

    Ahhh eu adorei assim que olhei o desenho dele! Foi o que me fez abrir o linck pra saber o que o tio estava aprontando desta vez. E dai q parece uma Hello Kitte, ela é um gato não é?
    Tio, quero ver seu toque de mestre nele finalizado!!!!
    Cada vez que vejo você fazendo o Froid, fico imaginando a minha Kika embonecada!
    =D
    Beijos da fã e admiradora!

  3. Ives disse:

    Também gostei bastante desse novo Froid, so acho que seria legal aumentar um pouquinho os bigodes. Não muito, serio mesmo. Mas no geral ficou bem legal cara, parabéns!

    • .faso disse:

      Mateus: Opa! Obrigado (e a todo mundo, nada como um puxão de orelha, né?). Meu estilo pessoal de desenho é uma mistureba de um monte de coisas, inclusive mangá. Mas o danado ficou tão diluido que quase não aparece.

      Tenho uma forte pegada no cartum americano, com finalização em linha clara (estilo europeu, usado pelo Hergé -Tintim).

      Somado a tudo isso tem meu estilo de design que é minimalista, logo tem pegar o essencial (quando começa a aumentar os detalhes, às vezes vira uma caquinha).

      Um super abraço e sempre apareça,

      tio .faso

  4. Pri disse:

    Ahh, agora sim! Tá muito lindo!

    Eu acho que agora só falta um diferencial além da faixinha no rabo. Talvez uma coleira com um guizo ou um lencinho amarrado no pescoço? ;/ humm… Não sei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *