O Menino Lua: expressões faciais

Menino Lua: Expressões faciais Padrão e Piscando

A primeira coisa que faço ao desenvolver um personagem é criar suas expressões faciais. O principal propósito disso não é criar uma biblioteca visual, mas sim testar se essa criação é carismática.

Vale lembrar que quando eu falo em “carisma”, não estou afirmando que o personagem é simpático ou coisa parecida, mas sim se ele tem empatia visual suficiente. Essa “empatia visual” é uma técnica minha que venho trabalhando há pelo menos 15 anos. Claro que há trocentas formas de testar o carisma de um personagem, mas essa é forma que eu melhor me adaptei.

Menino Lua: Expressões faciais Estranhando e Puto

Comecei a aprimorar isso na época da faculdade de branding design. Lá eu passei a ver os personagens como marcas vivas e não como meras figuras representativas (já percebeu que a maioria dos mascotes sempre tem aquela cara feliz sob efeito de botox?). Entender o personagem como um marca é construir uma imagem de marca que traduza tudo o que você deseja (“imagem de marca” é como os seus fruidores vêem sua marca, só que de forma “orientada”).

Menino Lua: expressõe faciais de Chorando Litros e SapecaMas a vantagem de se ter um personagem-marca é que você consegue transmitir idéias e ideais muito mais facilmente, afinal ele é uma marca com estado de espírito.

Menino Lua: expressões faciais de Raiva e DesconfiadoVocê pode argumentar que um personagem é um personagem e que marca é marca, sendo que não tem nada haver com outro. Pense que marcas não se restringem apenas a identidade visual; que tudo aquilo que a permeia faz parte do seu mundo (p.e.: o atendimento aos clientes, organização das lojas físicas e virtuais, embalagens, etc.). Um personagem pode ser um marca, só que toda a dinâmica da identidade visual está presente no mundinho no qual ele faz parte (e que claramente é perceptível).

Menino Lua: expressões faciais Apaixonado e InsoneSempre que possível os meus personagem são marcas-vivas. O Menino Lua é um deles. Tentem pensar em como criar os seus personagens como marcas. Vocês verão que fica muito mais fácil interpretá-los e entendê-los como um produto que precisa ser bem gerido.

Um super abraço do tio .faso

5 comentários sobre “O Menino Lua: expressões faciais

  1. Lucas ''Spider" disse:

    Adoro o minimalismo dos seus personagens .tiofaso !

    Já falei isso várias vezes mas repito, você é uma grande referência de estilo para mim! Por isso desejo que você nunca desative o .marcamaria e bote pra f* ainda mais nos desenhos x)

    p.s.: adoro seus contos também!

    • Tio .faso disse:

      Lucas – que orgulho e honra meu querido!

      A gente fica um tempo sumido para se encontrar, mas não abandona o barco!

      E se prepara que os contos irão continuar (aliás, o Menino Lua vai ser o primeiro nesse novo formato).

      Um super abraço e obrigado,

      tio .faso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *